Terça-feira, 27 de Setembro de 2011
Sonhei...Sonhei

 

O que é que esta noite fiz?

Sonhei, sonhei, sonhei...

Que tinha uma princesa, um rei...

Ai como me sentia FELIZ...

 

Mas quando alta noite acordei,

O que primeiro fiz,

Foi olhar em meu redor...

Nada era verdade, daquilo que sonhei,

Não havia Princesa nem rei,

Não passou de um sonho feliz,

Que um dia vai ser verdade.



publicado por Maria às 15:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Quarta-feira, 14 de Setembro de 2011
?????

 

Não quero, não posso, não devo, é muito complicado...esperar para ver...


tags:

publicado por Maria às 21:45
link do post | comentar | favorito

Domingo, 11 de Setembro de 2011
Finalmente

 

Finalmente chegou...agora é esperar para ver...


tags:

publicado por Maria às 13:33
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 9 de Setembro de 2011
Mariana

Hoje a Mariana lá foi para Aveiro, acabaram as férias.

Não posso dizer que não gostei de a ter cá, claro que gostei, mas que foi muito difícil foi, não pelo trabalho, que não deram, gostei  de os ter cá, mas... o nó que tinha na garganta e o peso no peito vão desaparecendo... quem ler isto, não vai perceber...

Mas que foi muito complicado, foi.

Vê-la, ouvi-la chorar , lavar a roupinha que me dava prazer e ao mesmo tempo angustia...diz que para o ano voltam, ainda bem , foi sinal que gostaram e para o ano já a minha dor deve estar mais um pouco atenuada...



publicado por Maria às 23:01
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quarta-feira, 7 de Setembro de 2011
Quando um homem se põe a pensar...

 

Depois da minha lide caseira, páro para pensar...faz-se tanta coisa que não sse devia ter feito, ouve-se tanta coisa ...que não se devia ter ouvido...{#emotions_dlg.cry}, enfim os agradecimentos são  sempre assim,{#emotions_dlg.cry}


tags:

publicado por Maria às 00:51
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 6 de Setembro de 2011
Mariana

 

Hoje é o  3º dia da estada da Mariana cá em casa, hoje entrou e saiu, vinha a dormitar e lá saiu dormindo, foi passear para o outro Algarve.

 

O dia está mais quente, espero que não apanhe muito calor.

Hoje não estou bem. Já não estava bem e agora ainda pior.

Enquanto estão cá em casa, a coisa ainda vai indo, pois como há muito movimento, sempre disfarça, mas depois quando saem , não consigo conter as lágrimas, enfim..., mas hoje elas rolam, rosto abaixo, tal como criança, a quem lhe tiram o brinquedo mais querido, não consigo suste-las, já há muito que não caiam assim.

 

Há gente sem escrúpulos, ainda gostava de saber porque razão o parvalhão do vizinho foi mostrar o neto ao filhote, se não é pessoa muito relacionada, enfim...

Continuamos á espera dos resultados e nada...a espera é angustiante para todos.


tags: ,

publicado por Maria às 12:59
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 5 de Setembro de 2011
Mariana

Ontem chegou a Mariana, foi emocionante vê-la entrar, comecei a tremer...mas depois com o sorriso dela a coisa melhou um pouco.

 

Chegou a hora do banhito dela, lá teve que tomar banho na bacia da roupa, pois na minha casa não há coisas de bébé {#emotions_dlg.cry}, para a mãe foi um pouco difícil, pois não está habituada, mas antigamente não havia desta modernices e os bébés tomavam sempre banho.

Fiquei um pouco com ela, mas ela começou de chorar e eu fui levá-la aos pais.

 

Hoje é o 2º dia, quando chegou mudei-a de roupa, fiquei contente, mas com um nó na garganta...{#emotions_dlg.cry}



publicado por Maria às 12:14
link do post | comentar | favorito

Domingo, 24 de Julho de 2011
É sempre assim

Sempre foi e sempre será assim...

Não sabes, não é assim, é como eu digo e não como tu dizes, eu não sou mentirosa... será que eu sou maluca? Nunca percebi porque é assim, sempre foi e sempre será enquanto existirmos as duas...



publicado por Maria às 19:11
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 9 de Março de 2011
Acreditar
 
 
"Quem cultiva a semente do amor,
Segue em frente não se apavora,
Se na vida encontrar dissabor,
Vai saber esperar sua hora.
 
 
As vezes a felicidade demora em chegar
Aí é que a gente não pode deixar de sonhar.
Guerreiro não foge da luta, não pode correr
Ninguém vai poder atrasar quem nasceu pra vencer.

 
É dia de sol mas o tempo pode fechar
A chuva só vem quando tem que molhar
Na vida é preciso aprender, se colhe tem que plantar
É Deus quem aponta a estrela que tem que brilhar.
 
Ergue a cabeça, vai em frente e tem fé,
Manda essa tristeza embora,
Basta acreditar que um novo dia vai raiar,
Tua hora vai chegar"
 

tags: , , , , ,

publicado por Maria às 21:49
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 17 de Junho de 2010
Quando a vontade aperta...

 

 

Não pensem que é invenção minha, não é.

 

Quando a vontade aperta, não há lugar impróprio para se fazer o XiXi.

Hoje á hora do almoço, estava no serviço a atender uma chamada, e

que vejo chegar á porta, através das persianas uma senhora.

 Pensei_ esta já está á espera que a porta abra, mas qual não foi o meu espanto, quando veja a senhora baixar as calças e de "sr.rabo", virado para o escritório e entre um carro, dá asas á sua vontade de expelir o xixi que tanto a incomodava. Chamei a atenção da minha colega e apreciámos a descontracção com que o fez. Rimo-nos, mas depois pensámos que quem sabe a senhora, não aguentava mais, porque sofreria de qualquer problema urinário.

 

Por isso quando a vontade aperta, há sempre um lugar que derperta e ZÁS.

 

 



publicado por Maria às 13:39
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Terça-feira, 11 de Maio de 2010
Agradecimento

 

Este post, destina-se a agradecer a todos quantos têm passado por aqui na espera de ler uma "treta" qualquer que eu tivesse escrito.

 

Mas com mais intenção eu o faço á minha amiga Mª Luisa Adães, que de vez enquando aqui deixa um comentário, talvez com isso ela esteja "puxando " por mim para voltar a escrever.

Mª Luisa está dando-me força e vontade de voltar aqui escrever os meus pensamentos, as minhas criticas a assuntos que por vezes encontro, neste mundo conturbado, os meus devaneios, enfim tudo que ao longo deste tempo todo aqui postava com algum entusiasmo. Não que seja grande escritora, porque não o sou nem de longe , nem de perto, tal como não sou poeta, mas que gostava de escrever gostava.

Talvez o volte a fazer em  breve.

 

Obrigada do coração, Maria Luisa, pois ao deixar aqui um comentário sinto-me envergonhada de nada haver aqui para ler, prometo que vou voltar.

 

Beijos Grandes


tags: , ,

publicado por Maria às 20:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 29 de Setembro de 2009
Outra

 

Ainda agora acabou uma campanha, já temos aí outra.

A 1ª não se sentiu aqui na zona, pois não vi por aqui nem candidatos, só vi cartazes.

Esta, ainda mal começou já se nota o frenesim da campanha, os carros, as bandeirinhas, enfim cada um vende o " seu peixe" para ganhar o poleiro e o povo que se " lixe", comem e bebem à nossa custa.

Agora passam por nós, "conhecem-nos", depois da campanha, passam por nós e não sabem quem somos, enfim...

Politica, coisa que não percebo nada.


sinto-me: confusa

publicado por Maria às 22:25
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009
A 22

 

Por vezes ouvimos nas noticias: "Idoso em contramão ", até parece que só os idosos fazem asneiras por essas estradas fora, mas adiante.

Já há 2 dias que entro para a A 22, sentido Faro / Olhão e reparo que a placa sinalizadora de entrada na referida via, não tem cor, brilho ou lá o que lhe queiram chamar, só quando já estamos mesmo na entrada sem ter hipótese de voltar atrás é que se vê qual a direcção que tomámos.

Eu sei muito bem o caminho, mas penso que quem não o souber ficará um pouco baralhado quanto à direcção que tomou.

Chamo a atenção de quem tem a seu cargo a manutenção das placas, vá rectificar a pintura ou lá o que é que se passa.



publicado por Maria às 14:24
link do post | comentar | favorito

Sábado, 19 de Setembro de 2009
No Supermercado

 

 

Hoje quando fui às compras, cruzei-me com duas crianças, sim digo bem duas crianças, pois uma tinha 10 anos e outra 6 .Eram rochundinhas.

Reparei que andavam às compras, mas pensei que a mãe estivesse por perto.

Estavam sozinhas.

Quando, passado um pouco, as encontro novamente, a mais nova estava com ar triste e quase a chorar, a outra dizia:

Mariana, não pode ser o dinheiro é pouco e já te comprei ( não ouvi o quê), mas despertou-me a atenção e fiquei à escuta.

Vá lá Teresa, "compa", dizia a mais pequena.

Não Mariana , já disse

E a Mariana começou de chorar.

Até que me meti na conversa e perguntei:

Vocês andam às compras?

Sim.

Sozinhas?

Vamos fazer uma " supesa " à mãe.

E a mãe onde está?

A trabalhar e nós viemos ás compras para fazer uma " supesa", dizia a mais velha.

A mais nova de beicinho.

Perguntei:

O que queres Mariana?

Isto , apontando para chupa-chupas, e olhava de lado para a irmã com o beicinho.

Resposta da irmã:

Já comprei isto, ( eram uns donuts pequeninos), não posso comprar mais nada, o dinheiro não chega.

Olhei para o cesto, as compras eram:

Um pacote de sumo, uns croissants pequeninos, um maço de Guardanapos, os donuts.

Mas a Mariana insistia que queria os chupas.

Diz a Teresa:

Toma os chupas, mas vai pôr os Donuts no lugar.

A Mariana dá um salto e abraçassa-se á irmã dando-lhe um beijo e corre a colocar os Donuts no lugar.

Será que seria uma " supesa" para a mãe?

Quando me voltei, tinham desaparecido, certamente foram dali para a caixa.

 



publicado por Maria às 19:40
link do post | comentar | favorito

Em tempo de Eleições

Estamos em plena campanha eleitoral, em terra " comunista", um partido faz campanha.

Saem dos carros e começam a destribuir propaganda.

No centro da aldeia, encontravam-se sentados, alguns idosos, apanhando os fracos raios solares que teimavam em passar as nuvens que ameaçavam chuva.

Reparo que distribuem panfletos e canetas e nem uma palavra lhes dirigiam.

Tanta promessa, vão fazer isto e aquilo, aumentar as reformas...e é assim que se dirigem áqueles que trabalharam uma vida inteira e têem uma reforma de miséria?

Olham para o panfleto, para a caneta.

Será que sabiam ler e escrever?

 

                  



publicado por Maria às 10:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Quinta-feira, 17 de Setembro de 2009
Mudança de LOOK

 

A Maria ficou a pensar no que lhe disseram e como não quero ser "velha " de aparência, pois também  não o sou no espírito, só na idade e resolveu mudar de look.

Foi ao cabeleiro " Queirós do Vale " e pintou o cabelo cor de chocolate. Comprou as calças de ganga e amanhã vai ser surpresa total  esperem amanhã para ver.

Elas não estão à espera



publicado por Maria às 10:00
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009
As Marias

Hoje as Marias resolveram dar a volta á Maria do blog.

Começaram por dizer que eu Maria estava vestida metade jovem, metade velha ( pois não sou nova ).Que devia pintar o cabelo...

 

Que as calças que vestia não estavam na moda e que isto e aquilo, etc e tal...

Uma resolveu que devia vestir as calças de outra e trá...lá´...lá...brinca daqui, brinca dali e lá vão as duas Marias trocar as calças...nem vos conto nem vos digo...só visto a riota que lá ia.

Lá viemos as duas de calças trocadas, resultado que me ficava muito bem, que afinal a outra não era assim tão magra como dizia, pois as calças dela serviam-me .

Fizemos passagem de modelos e o resultado foi este

 


sinto-me: divertindo

publicado por Maria às 22:52
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2009
O tempo...a Vida

 

Ando atrás da vida ,

E a vida atrás de mim,

Olho o tempo que corre,

Que corre atrás da vida,

A vida corre com o tempo,

Não temos tempo p`rá vida...

A vida dá-nos tempo,

Tempo para amar,

Sem na vida pensar

Quando amamos a vida,

A vida dá-nos amor,

Amor dá-nos a vida,

Pois sem ambos não podemos viver...

Tempo,Vida, Amor

São três bens que desejo ter,

Tempo para viver,

Tempo amar...


sinto-me: à espera

publicado por Maria às 11:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Quinta-feira, 15 de Maio de 2008
Ó Maria

 

 

 

Ó Maria vai com as outras

Não te deixes entristecer

Pois  tristezas não pagam dividas

E não vale a pena tentar perceber

Será que ainda tens duvidas

Daquilo que te estão a fazer?

Duvidas não deves ter

Esquece tudo aquilo

Olha que a tristeza pode matar

E nisso não deves pensar

Ainda tens muito para viver...

 

 



publicado por Maria às 23:24
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 28 de Fevereiro de 2008
DO CIMO DA SERRA

 

 

 

 

Subi ao cimo da serra

Para ver se via a vida

Mas a vida eu não vi,

Nem a vida, me viu a mim.

Mas, vejo vales e montes,

Rios a correr para o mar.

Vejo igrejas e fontes,

Vejo árvores em flor,

Mas ninguém para amar...

Vejo campos a verdejar

Vejo o Sol a nascer

E também o vejo a pôr

Só não vejo o meu amor

Que já não se lembra de mim.

 



publicado por Maria às 22:32
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Sexta-feira, 11 de Janeiro de 2008
Parabéns Filho
           glitter graphics


 

 

 

 

 

 

 

Neste dia especial

Gostava de te oferecer

Um presente especial...

Mas não está na minha mão

Nem tenho tal poder...

Queria oferecer-te um coração

Que te desse muito amor

Para que te pudesse amar

Como tu és merecedor.

Sei, que ele um dia vai chegar

Mas, eu tenho muito medo

Que ele não venha a tempo chegar

Para eu ainda poder ver...

 

 

 

Parabéns filho por este dia, que tenhas um dia muito feliz

Beijos carinhosos dos teus Pais

 



publicado por Maria às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Terça-feira, 8 de Janeiro de 2008
Obrigado Amor

Obrigado Amor, por tudo quanto me tens dado

Obrigado por tanto que me tens amado

Obrigado quando estivesse junto a mim,

Quando eu mais precisava

Obrigado por teres esperado por mim

Obrigado por tudo o que fazes por mim

Tanto quanto de ti sei

Sei que não mereço tanto

Mas há uma coisa que sei

É que te amo muito

E continuarei a amar-te

E peço a Deus que continue a abençoar-nos

Por muito e longos anos

 

 

Mais logo vamos ouvir esta música

 

 

 


sinto-me: amada e amo
música: Foi feitiço...

publicado por Maria às 11:21
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Dia 8 de Janeiro de 1967

Arganil. Dia 8 de Janeiro de 1967. Um domingo, muito frio, quase gélido.

Nesta vila, neste dia, devia ter havido uma grande festa, mas o lar em que se ia realizar a mesma, estava envolto numa grande tristeza, o anfitrião da casa tinha falecido há pouco tempo…

… mas, lá residia uma donzela, que apesar de sentir muito a  falta do mesmo, estava envolta por um sentimento especial e por uma luz muito forte…a luz do amor.

 

Estava marcado para este dia, o dia do seu casamento…lá fora o homem dos seus sonhos esperava-a…

 Por vezes a tristeza envolvia-a mas, o dia mais lindo da sua vida, estava prestes a chegar.

 

Vestida de branco, com lágrimas de tristeza e alegria à mistura, saiu de sua casa pelo braço do padrinho.

 

A rua, ao contrário do que devia ser, estava deserta, ninguém estava para ver a noiva e se o estavam , faziam-no discretamente atrás das cortinas da janela.

 

Chegou ao carro, ( sem qualquer enfeite como é normal ) que a conduzia à igreja, à capela da Srª do Mont`Alto .

 

À medida que se aproximava do local a tristeza e o amor misturavam-se…

Entrou na Capela pelo braço de um Tio.

Realizou-se a cerimónia  simples ( quando devia ter sido uma grande festa, os Pais nesse dia festejavam as Bodas de Prata )…

 

Acabada a cerimónia, os poucos familiares, praticamente os padrinhos, retiraram-se…

Ficando os noivos a sós com a mãe…nada de festa …nada de bolos…nada de nada…passado algumas horas sairam para a sua lua de mel...( seria um crime , se depois de tanto senão, eles não tivessem diteito a ela)

A única coisa que não faltava, era o amor, que unia os dois jovens.

 

Amor que ainda hoje perdura ao longo de 41 anos.

Desse amor nasceram dois filhos, que são o seu encanto.

Apesar de alguns dissabores, de alguns tropeços pela vida fora eles vivem felizes e viverão felizes até que a morte os separe.


sinto-me: amada e amo
música: Foi feitço...

publicado por Maria às 10:21
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito

Segunda-feira, 7 de Janeiro de 2008
Esperem só um pouquinho
glitter graphics


Para verem que não estão esquecidos...

 

 Amigos, esperem só um pouquinho, já venho agradecer e responder aos vossos comentários, é que estou muito atarefada mas mais logo não fica nehum por responder...Até Já...



publicado por Maria às 14:37
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Domingo, 6 de Janeiro de 2008
Obrigado


Por um dia te insultar
Trago o remorso comigo;
Bem me queria desculpar,
No entanto não consigo.

Não dou o braço a torcer,
Afasto-me e então amuo.
Só faço o meu erro crescer
C´o orgulho que possuo!

Publicado num comentário por yodlri

A minha resposta:

 

Se o poema é  verdadeiro

Por Insulto me ter dirigido

Não o creio verdadeiro

Pois não me sinto atingido(a)

 

Se tentou me insultar

Neste meu pobre cantinho

Deve ter sido a brincar

Porque fiquei comovida

Nesta passagem pela vida

Ao ler o seu poema

Não me senti agredida

Mas senti um pouco de carinho

Talvez de um amigo verdadeiro


sinto-me: emocionada

publicado por Maria às 12:30
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Sábado, 5 de Janeiro de 2008
Deram-me o mote

Deram-me o mote

Chamando-me Menina Prendada...

Para já, não sou menina

Bem gostava de o ser

Gostava de ser prendada

Mas não o sou, não sou nada

Só escrevo patacuadas

Nas pinturas não faço nada

Senão umas "borradas"

Dizem que sou divertida

Ainda não me viram entrestecida

Mas tenho uma coisa comigo

Que por vezes me dá vida

De tentar algo escrever

Para de tédio não morrer

E continuar a ser menina...

 


sinto-me:

publicado por Maria às 20:22
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito

Habituei-me...agora olha...

Habituei-me que cada vez que abria o blog, tinha sempre um comentário do Sr. . Corrector Ortográfico e um do Sr. . Desconhecido, agora não sei o que foi feito deles...

 

Será que se encontraram aí nalgum sitio e... estão travando-se de razões, por causa do meu Blog?!?! Por causa do disse que disse e do que não disse e devia ter dito?!?! Se é esse o motivo, vejam lá se se entendem... ai que me deixam preocupada e continuem lá a comentar

 

Ai meninos, olhem, se é  que por causa disso eu deixo de escrever.. não quero é que se zanguem...fico à espera que me digam alguma coissinha... até breve...


sinto-me: espero que digam alguma coisa

publicado por Maria às 20:06
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008
Ciclovia 2

...como ia dizendo, do passeio que fiz lá pela localidade de Cabanas, vi a estrada que fica junto á beira da ria, com os tais traços azuis ( a tal ciclovia).

 Passeando pela marginal, eu constactei que a mesma ia juntar-se com a marcação do parque de estacionamento.

 Andando mais uns metros, vejo que a seguir ao alcatrão, um pouco mais à frente, encontro uma placa que sinaliza a tal ciclovia.

Curiosidade...vamos ver como é e por onde segue...tristeza...lá ia ela pelo tal caminho pedregoso e marcado pela água que tinha corrido na noite anterior...voltei ao ponto onde tinha deixado o carro estacionado ou seja pela marginal...

Qual não é o meu espanto quando vejo 3 crianças de bicicleta tentando andar pelo traço azul ( a tal ciclovia) e dizendo uns para os outros:

 

Cuidado, não saiam do traço que aqui é para as bicicletas( circulavam encostados aos carros estacionados de um lado e do outro os carros em movimento)

 

Pergunto: Qual é a segurança destas crianças?!?! (na tão falada ciclovia)

Numa região onde tanto turista anda de bicicleta,a região à qual se faz tanta propaganda...e por aí adiante..temos uma ciclovia que não é nada..., resumindo:

 

Estes são alguns dos troços actuais:

                        

 

 

 

Há troços que têm que ser revistos e pavimentados para que a tal CICLOVIA seja igual à do cartaz abaixo, que é ele que faz publicidade...

 

Aqui sim, é uma CICLOVIA, é esta que queremos, não enganem o Zé Povinho

 

                            

 

 


sinto-me: apontando

publicado por Maria às 19:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Ciclovia ( 1)

Há cerca de 2 anos começou a imprensa local falar da ciclovia do Algarve.

Ciclovia esta, que deve ligar Vila Real de Santo António a Sagres.

 

No ano passado, a mesma imprensa dava a noticia de abertura de alguns troços.

Troços esses com árvores, um piso muito bom...etc..., como mostram os cartazes de propaganda á mesma e como eu já vi em diversas cidades do País.

Perante isto, eu mais o meu " homem" , pensámos em fazer um passeio pela dita , mas antes disso, fomos fazer um levantamento da mesma, não fossemos nós ser enganados, pelas noticias bombásticas, que é normal neste País.

 

Dito e feito, a ciclovia é uma desgraça.. há troços que temos que levar as ditas biKes " a "pé", pois tal não é o acidentado da mesma, que com a chuva faz uns sulcos no terreno, fiquei sem saber se a ciclovia é para passeio, se para " ciclo radical" ou lá como é que se chama esse desporto em que a juventude anda aos pulos em cima das " bikes ".

 

Mas mesmo assim, resolvemos retirar as ditas do sótão e levá-las ao mecânico , para que elas estivessem aptas, não queríamos nós fazer má figura na tão falada e importante ciclovia...

mas como o tempo ficou de chuva, o dito passeio ficou adiado.

 

Entretanto fui dar um passeiozinho , ali para os lados de Tavira , Cabanas e deparo-me com uns traços azuis na faixa de rodagem, uns mesmo dentro da cidade, outros fora.

Fiquei confusa, pois apesar de conduzir já há muitos anos e tentar sempre estar actualizada com as novas regras de transito, ( pois as multas não são nada meigas ) aquela sinalização estava a passar-me ao lado.

Resolvi investigar e fiquei a saber que se tratava de informar os automobilistas que ali podiam circular bicicletas ( era a ciclovia)...( continua)...

 


sinto-me: confusa

publicado por Maria às 10:24
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 1 de Janeiro de 2008
2008

 

Com algum tempo antes da meia noite fiz 2 ou 3 telefonemas a desejar Bom Ano.

 

Uma nostalgia se apoderou de mim...sentada no sofá o meu cérebro recusava-se a pensar fosse no que fosse.

 

 

Depois sentei-me no sofá...deixei-me dormir... acordei 5 minutos antes da meia noite...nos meus olhos as lágrimas teimavam em querer cair...

 

Desde há 8 anos que brindava ao Ano Novo da hora espanhola, este ano não o fiz...pois queria esquecer essa hora a que teimosamente me obrigavam a brindar.

 

Continuei no sofá, olhos postos na TV, sem sequer saber o que estava dar.

 

Deram as doze badaladas e as lágrimas rolaram face abaixo, porquê?!?! Não sei...

 

O meu filho este ano não ligou ao dar da meia noite, certamente muito mais feliz deve estar do que há um ano atrás...não o quero lembrar...Sê Feliz meu filho.

 

Levei 20 minutos para lhe enviar a mensagem desejando-lhe que o ano de 2008 seja MUITO , mas mesmo Muito Melhor que foi o que passou.

 

Para ti meu filho... Um Ano Muito Bom e Muito Feliz...


sinto-me: comovida

publicado por Maria às 00:41
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito

O que sou? O que não sou.Sou como sou.
posts recentes

Sonhei...Sonhei

?????

Finalmente

Mariana

Quando um homem se põe a ...

Mariana

Mariana

É sempre assim

Acreditar

Quando a vontade aperta.....

links

Ocaso... Ao Acaso...
Ocaso... Ao Acaso...


Selo

(Usa Ctrl+C p/copiar
e Ctrl+V p/colar
o selo no seu blog)
online
as minhas fotos
blogs SAPO
subscrever feeds